fbpx
Logo Compre Roupas por Atacado
Blog

Fique tranquilo, também odiamos spam!

Lucro com revenda de roupas – Como garantir o seu?

Lucro com revenda de roupas – Como garantir o seu?Você sabe quanta margem de lucro sua loja de roupas pode ter? Basicamente, trata-se de quanto sua empresa lucrará com um produto de forma mais eficaz, com a sua venda.

Essa venda está diretamente relacionada ao crescimento sustentável da sua loja. Por isso, é um indicador importante.

Hoje queremos ajudá-lo a decidir como definir essa proporção com critério, sabedoria e realismo. Saiba o que mais considerar ao calcular as margens de vestuário.

Na hora de calcular um markup para o seu produto, comece com uma boa análise dos preços oferecidos pelos seus concorrentes, bem como valores que possam atestar a qualidade dos produtos em seu estoque, como forma de recompensa da marca pelo alcance e prazo de execução do mercado, se for o caso.

Também é muito importante gerenciar o custo do produto apropriadamente. (tanto em termos de custo do produto quanto de rentabilidade).

Esses fatores afetarão diretamente a formação do preço de venda, que necessariamente deve estar dentro das normas estabelecidas pelo mercado.

Embora o cálculo da margem de lucro tenha alguma complexidade, é possível seguir alguns passos que existem para facilitar o entendimento de qualquer empreendedor do varejo de moda, mesmo os iniciantes, que não estão familiarizados com esses números.

Compreenda a diferença entre margem de lucro bruto e lucro líquido

Lucro com revenda de roupas – Como garantir o seu?A primeira fórmula utilizada deve ser: receitas totais – custos = lucro bruto

Esse cálculo mostra a receita total da venda da vestimenta menos todos os custos associados para ter acesso ao produto.

Consequentemente, o resultado do valor da venda subtrai os valores que sua loja gastou para fornecer determinado produto. Veja um exemplo: digamos que seu produto consiga ser vendido no valor de R$ 10.000,00 depois de um custo de R$ 6.000,00

Nesse caso, o lucro bruto será de R$ 4.000,00.

Para obter o lucro líquido, você precisa descontar sua receita total, todos os custos e despesas, levando em consideração o seguinte: receitas totais – custos – despesas = lucro líquido.

Esse é o valor que provavelmente mostrará o que o negócio ganhou após subtrair todos os custos de produtos e despesas indiretas para administrar a loja (como internet, aluguel, equipe de vendas, impostos etc.).

Tudo deve ser calculado a partir da divisão entre outros produtos da loja.

Vamos continuar com o exemplo. Se uma loja varejista vende um produto no valor de R$ 10.000,00 a um custo de R$ 6.000,00 e tiver despesas de R$ 1.000,00, seu lucro líquido é de R$ 3.000,00.

Tendo o resultado desses dois cálculos (lucro bruto e lucro líquido), será possível uma visão da próxima etapa.

Calculando a margem bruta e da margem líquida

Conhecendo os lucros, é hora de obter informações sobre as margens começando pela margem bruta.

Margem bruta = lucro bruto / receita total x 100

Essa fórmula está relacionada ao percentual do lucro bruto, que será obtido com a venda dos produtos e sem levar em consideração as despesas indiretas.

Entendemos outro exemplo: R$ 4.000,00 / R$ 10.000,00 x 100 = 40 %.

Para margem Líquido, a pontuação seria: margem líquida = lucro líquido / receita total x 100.

Com a porcentagem real de lucros a partir da venda de seu estoque de roupas e também considerando as despesas indiretas associadas ao processo de compra e venda será: R$ 3 mil / R$ 10 mil x 100 = 30%.

Mark-up

Este método é amplamente utilizado para calcular o preço de venda com base no custo de compra das peças.

Tal índice multiplicador considerará que o lucro é uma margem integrada ao custo do produto. No entanto, você deve ter muito cuidado, pois esse cálculo pode não ser exato, pois não incluirá as despesas envolvidas em todo o processo.

Por isso, é melhor contar com cálculos de lucro bruto e líquido para evitar surpresas no final do mês.

Por que é importante calcular os lucros no varejo de moda?

Lucro com revenda de roupas – Como garantir o seu?Uma vez que você tenha acesso à margem líquida, você pode determinar o valor que realmente resta no preço calculado – sabendo que para cada R$ 100,00 registrados em caixa, há R$ 80,00 para pagar os custos sobrando apenas R$ 20,00.

Assim, você pode avaliar melhor sua situação financeira. Em outras palavras, não se engane! Evite olhar apenas para os valores totais de faturamento para tomar decisões. Pesquise e analisa essas contas. e encontre a versão final mais próxima da realidade.

Isso evita a dor que muitos empreendedores passam quando se concentram apenas nos números de vendas. Você gasta mais do que o necessário porque não está prestando atenção aos seus custos e como eles afetarão suas finanças.

Vale lembrar que o percentual de lucro ideal para cada marca vai depender de diversos fatores, como o tipo de atuação por exemplo.

O ideal para o mercado de moda, principalmente para iniciantes, é trabalhar com 20% de margem. Isso porque se trata de vender roupas. Trata-se, portanto, de uma margem muito superior à da indústria, que possui variáveis ​​ainda mais específicas.

Consequentemente, a receita gerada por cliente e a receita total de todas as roupas vendidas são levadas em consideração na determinação de níveis saudáveis ​​e sustentáveis.

Você sabe como determinar quando sua margem de lucro é boa?

A margem de lucro é um problema que pode variar muito de loja para loja. Por esse motivo, uma boa margem de lucro é boa para alguns e nem tanto para outros.

Tudo, deve estar conectado aos objetivos de cada negócio. para ser mais preciso com planejamento estratégico.

Quando se pensa assim surge a dúvida em muitos empreendedores que é se existe uma margem bruta ideal para uma loja de roupas? Na verdade, não necessariamente.

Saber exatamente como calcular uma venda e se sua margem foi boa durante um período de tempo requer pensar de forma mais ampla.

Uma loja que decide reduzir sua margem, por exemplo, pode estar passando por um momento ruim e, por isso, terá que ganhar em competitividade, é claro.

Quando o mercado está favorável(excelente oportunidade para um casal evangélico), é possível aumentar a margem apenas seguindo a lei da oferta e demanda. Consequentemente, podemos dizer que não existe uma “margem ideal” para todas as lojas, mas sim que existe uma margem ideal para cada momento, de acordo com cada loja e sua própria realidade.